Olá, mundo!

on sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014
Olá, pessoas. Sejam bem vindas ao meu blog. Eu sou um gajo, que por acaso é trans, e estou aqui para falar de cenas (provavelmente sobre cenas trans e cenas que a mim, como pessoa trans, me fazem pensar, refletir ou ressabiar). 

Mas o que é isso de ser "trans"? Neste contexto, "trans" serve de diminutivo de transexual e transgénero (e quero chamar a atenção para o facto de "transexual" e "transgénero" não serem sinónimos!). Criei este blog porque tenho uma série de cenas, pensamentos, opiniões, etc, que gostava de partilhar e de deixar por aí para que alguém as leia. Quero também começar a tentar preencher um vácuo que tenho vindo a notar que existe há demasiado tempo: textos sobre cenas trans. A transexualidade e o transgenerismo são assuntos muito pouco divulgados e, portanto, muito pouco conhecidos. Provavelmente, uma pessoa só entra em contacto com estes assuntos quando aparece um concorrente na casa dos segredos que diz que "mudou de sexo o ano passado" ou quando ouve falar desta ou aquela pessoa que foi espancada na rua - provavelmente por ser "um homem a usar saias" ou até mesmo "uma prostituta travesti". 

As pessoas trans são quase invisíveis e, nas poucas ocasiões em que são visíveis, estão muito mal representadas. Já me começo a fartar de ver séries de comédia a usar mulheres trans como punchlines de piadas sexistas e (trans)misóginas, ou profissionais de saúde a dizer que todas as pessoas trans odeiam de morte o seu corpo, ou blogs que aparentam ser bem intencionados mas escritos por putos do secundário durante Área de Projeto que não entendem nada sobre realidades trans. E estou farto de ver pessoas trans completamente à deriva, sem saber que opções têm, sem saber para onde se dirigir, à espera durante meses por um médico de família que os ignora por completo e que depois tenta força-los para consultas de psiquiatria, ou que decidem fazer uma transição sem acompanhamento médico por se sentirem marginalizados pelos mesmos médicos que nos deviam ajudar (entre várias outras situações espatafúrdias). 

Portanto, é minha intenção, com este blog, escrever o que me vai na alma e tentar, pelo caminho, talvez mudar uma ou duas mentalidades. Quero desde já dizer que o que se encontra neste blog é a minha, e apenas minha, opinião. Eu não represento mais nenhuma pessoa, além de mim próprio. Eu não falo pela "comunidade" transexual ou transgénera. As minhas opiniões e experiências não refletem as opiniões e experiências de outras pessoas trans. O que eu escrever aqui poderá muitas vezes estar em conflito com as opiniões ou experiências de outras pessoas trans. Fica aqui o disclaimer.

Caso tenham alguma pergunta ou assunto que gostariam de ver abordado (que esteja relacionado com assuntos trans), sintam-se à vontade para me deixar um comentário. 

Dito isto, sejam todxs bem vindxs ao meu blog. Enjoy your stay.

4 comentários:

ChasingTheSun disse...

Gostava que neste blog fosse esclarecido a diferença entre Transexual e Transgénero, gostava de perceber a diferença, tenho essa curiosidade. :)

Seni Gaio disse...

Vou acompanhando o blog num cantinho chuvoso. Qualquer coisa/opinião/discussão/conversa fora de tópico que precises é só dizer ( :
Ass: Seni

Patrícia Mendes disse...

Olá.

Esbarrei-me já não me lembro porquê com o teu blog através de um link qualquer que vi não sei onde. Já li tudo o que publicas-te e espero as prometidas publicações (que surgem em mais de 50% das publicações) para o desenrolar de assuntos que vêm puxados de outros.

Tal como tu, sou transexual, só que eu sou gaja.

Desejo-te as melhores felicidades

Patrícia Mendes disse...

Ups

Enviar um comentário